Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

S.O.S. MAY DAY - SERVIÇO VOLUNTÁRIO PARA EMBARCAÇÕES EM PERIGO.

Imagem
S.O.S. MAY DAY é um Grupo no Whatsapp criado em 15/12/2016 pelo navegador Herman Júnior.
O objetivo é prestar ajuda e suporte a navegadores que se encontrem em situação de perigo no mar.

O grupo já atuou em vários incidentes e acidentes da navegação.
Clique aqui para participar. 



IMPORTANTE! 
O grupo SOS May Day não deve ser utilizado para troca de imagens e nem bate-papo. Todos devem permanecer em total silêncio e só em caso de SOCORRO deve ser empregado.
O grupo SOS May Day é formado por pessoas de Norte a Sul do Brasil. 
Para bate papo sobre segurança, tecnologia e salvaguarda da vida humana no mar Herman criou também o Grupo SOS BATE-PAPO.
fonte: HERMAN JUNIOR Capitão Amador Embarcação Bella Santos/SP.
texto:  Luiz Eiroz  instrução e assessoria náutica



CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL E VAGAS DE EMPREGO.

Imagem
O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) disponibiliza um Portal para consulta de:- CURSOS DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL - CLIQUE AQUI- VAGAS DE EMPREGO - CLIQUE AQUI

J.MAR MECÂNICA DE MOTORES DE POPA E MOTO AQUÁTICA

Imagem
***35 ANOS *** MECÂNICA ESPECIALIZADA MOTOR DE POPA MOTO AQUÁTICA Contatos:Tel.: (13) 3358-4238 Cel.: (13) 9978-3500 Responsável Técnico:JOSÉ MANOEL(Manoelzinho Mecânico)ORIENTAÇÕES DE SEGURANÇA Este blog é um espaço aberto a todos que desejam anunciar produtos e serviços náuticos.  Não nos responsabilizamos pelo conteúdo dos anúncios ou pelos bens aqui anunciados.  Os anúncios são de inteira responsabilidade do anunciante.  Toda negociação é efetuada diretamente entre o vendedor e o comprador.  Não intermediamos e não recebemos comissão pela venda.  Copyright© Navegação de Esporte e Recreio - 2018 Todos os direitos reservados.

YAMAMOTO BOAT AUTORIZADA YANMAR

Imagem
Assistência Técnica Autorizada 


Engº Mecânico Responsável:
Osamu Yamamoto
Rua Antonio Costa Júnior, 49 - Jd Nancy - CEP 11431-010 - Guarujá/SP
Tel.: (13) 3358-1998 Cel/Whats: (13) 99787-0212
contato@yamomotoboat.com.br Facebook Instagram

CAMPANHA PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS DA MARINHA DO BRASIL.

Imagem
Com o slogan “Todo grande incêndio começa com um pequeno descuido”, a Marinha do Brasil, por meio da Diretoria de Portos e Costas (DPC), inicia, durante Reunião Funcional na Capitania dos Portos de Alagoas (CPAL), uma campanha nacional de conscientização para prevenir incêndios em embarcações de esporte e recreio. 



A ação tem o propósito de evitar que fatalidades e acidentes aconteçam por este tipo de ocorrência, além de contribuir para a prevenção de danos ao meio ambiente. Números da Superintendência de Segurança do Tráfego Aquaviário da DPC indicam que dos 144 incêndios em embarcações registrados no Brasil nos últimos três anos, 63 ocorreram na categoria de esporte e recreio, o que representa quase metade dos casos (44%), com uma incidência expressiva em lanchas (48%). 
Para alertar os proprietários e passageiros desses tipos de embarcações, bem como os responsáveis por marinas e clubes náuticos, a DPC divulgará recomendações de segurança simples, mas essenciais para a prevenção de i…

UNIFORMES NÁUTICOS.

Imagem
Kit completo:
Bermuda + Camisa + Boné (c/ ou sem bordados)

Tecidos: Brim, Dry Fit, Jeans, Malha PV, Tactel, etc.







Bonés Arrais, Mestre e Capitão Amador ou Âncora com ou sem o nome da embarcação.

Informações: Cel/Whatsapp: (13) 99680-8701

REGRAS ESPECIAIS PARA USO DE PRANCHAS MOTORIZADAS.

Imagem
A NORMAM-03, no item 0112, alínea "h", alterada pela Portaria nº DPC-091/2017, prevê regras especiais para o emprego de pranchas motorizadas,conforme seguem:

REGRAS ESPECIAIS PARA PRANCHAS MOTORIZADAS.

Todos os usuários de pranchas motorizadas (POWERSKI JETBOARD ou JETSURF) devem observar as orientações contidas no quadro constante na alínea i) da NORMAM-03 e ainda, manterem uma distância de 200 metros a partir da linha de base das praias.







RECOMENDAÇÕES DA MARINHA
- uso de coletes salva-vidas classe V, em especial nas áreas A-2;

- uso de capacetes do tipo Wakeboard e 

- a observância dos limites operacionais do equipamento. 




Luiz Eiroz instrução e  assessoria náutica

(13) 996808701

EQUIPAMENTOS MOVIDOS A HIDRO JATO - REGRAS/RECOMENDAÇÕES DE USO

Imagem
EQUIPAMENTOS MOVIDOS POR HIDRO JATO
REGRAS PARA DESPORTISTAS INICIANTESPara os iniciantes da prática de esportes náuticos com equipamentos movidos por hidro jato, que permitem a impulsão de pessoas no ar, tais como o FLYBOARD, o HOVERBOARD e o JETPACK, com o emprego de motos aquáticas, pranchas, mochilas e acessórios especiais, é necessário que uma pessoa habilitada na categoria de motonauta permaneça na moto aquática exercendo o comando da embarcação e a propulsão do equipamento. 
REGRAS PARA DESPORTISTAS EXPERIENTESPara aqueles motonautas que possuem treinamento específico fornecido por entidade especializada e representantes oficiais do equipamento, a prática do esporte poderá ser realizada de forma individual, por meio do gerenciamento eletrônico remoto da moto aquática.

REGRAS COMUNS A TODOS OS PRATICANTESTodo praticante dos esportes aquáticos previstos acima, iniciantes e/ou experientes, deverá:

- manter uma distância de 200 metros a partir da linha de base das praias;

- em nenhuma h…

MOTO AQUÁTICA - REGRAS PARA USO COMERCIAL

Imagem
A NORMAM-03 (item 0112, alínea "b", número 7, incisos I a IV), prevê 4 (quatro) regras especiais para o reboque de dispositivo flutuante realizado por moto aquática empregada em atividades comerciais conforme seguem:


USO COMERCIAL DE MOTO AQUÁTICA PARA REBOQUE DE DISPOSITIVO FLUTUANTE.
A capacidade da moto aquática empregada comercialmente no reboque de dispositivo flutuante deverá ser de no mínimo 3 (três) lugares, sendo: 

uma para o condutor;uma para o observador e outra disponível para um eventual passageiro do dispositivo rebocado, caso seja necessário;

Com a mesma finalidade comercial, uma banana boat/disc boat, quando rebocada por moto aquática, deverá ter a capacidade de passageiros limitada a 5 (cinco) pessoas;

Em ambos os casos, o piloto da moto aquática deverá estar devidamente habilitado nas seguintes categorias náuticas:
- aquaviário e
- motonauta (MTA). 

Já o observador do dispositivo poderá ser um aquaviário ou amador.

EQUIPAMENTOS OBRIGATÓRIOS DA MOTO AQUÁTICA EMPREGAD…

REGRAS ESPECIAIS PARA TRANSPORTE DE CRIANÇAS EM DISPOSITIVOS REBOCADOS

Imagem
TRANSPORTE DE CRIANÇAS EM DISPOSITIVOS REBOCADOS
A NORMAM-03, no item 0112, alínea "b",  número 6, incisos I a IV, alterada pela Portaria nº DPC-091/2017,prevê 4 (quatro) regras especiais para o transporte de crianças em dispositivos rebocados conforme seguem:
I) É proibido o transporte de crianças menores de 7 (sete) anos, em dispositivos flutuantes rebocados, do tipo:

- banana boat e 
- disc boat;

II) É permitido o transporte em banana boat e disc boat de criança:

- com idade entre 7 (sete) anos completos e menor que 12 anos de idade;

- acompanhadas ou autorizadas pelos seus pais ou responsáveis. 

- caso o transporte seja realizado em banana boat, a criança deverá ter condições de manter-se firme no dispositivo flutuante, apoiando seus pés no local apropriado e as mãos segurando na alça frontal do assento desse dispositivo;

- caso o transporte seja realizado em disc boat, a criança deverá ter condições de manter-se com as mãos firmemente apoiadas nas alças laterais; e

- em ambos os …

REGRAS ESPECIAIS PARA USO DE DISPOSITIVOS REBOCADOS.

Imagem
A NORMAM-03, no item 0112, alínea "b", prevê 5 (cinco) regras especiais para uso de dispositivos rebocados conforme seguem:
1) a embarcação rebocadora deverá manter uma distância de, no mínimo, uma vez o comprimento do cabo de reboque, das demais embarcações em movimento ou fundeadas;
2) a embarcação rebocadora, quando operada comercialmente, deverá ser conduzida por um aquaviário e dispor de um outro tripulante a bordo, para observar o esquiador e/ou o dispositivo rebocado, de modo a que o responsável pela condução possa estar com sua atenção permanentemente voltada para as manobras da embarcação, Essas embarcações não poderão ser classificadas como de esporte e/ou recreio e deverão possuir, obrigatoriamente, um protetor de hélice, visando resguardar a integridade física dos banhistas e usuários do serviço;
3) as embarcações que rebocam paraquedas e similares devem ser especialmente adaptadas para essa atividade, sendo que o ponto de fixação do cabo de reboque não deve limitar…

MT SERVIÇOS GRÁFICOS

Imagem
Rua Riachuelo, 86 - 2° andar, Sl 10 - Centro - Santos/SP.
Cel.: (13) 97405-3060

PROMOÇÃO ESPECIAL PARA MARINHEIROS DE ESPORTE E RECREIO!
ANTES DE COMPRAR APRESENTE O CÓDIGO MT-001-NER-LE-17 E GANHE UM DESCONTO ESPECIAL EM TODA A LOJA!



click no Mapa e saiba como chegar na MT Serviços Gráficos



ESPORTES AQUÁTICOS - REGRAS GERAIS DA NORMAM-03

Imagem
A NORMAM-03, em seu item 0112, letra "a", prevê as regras para o desenvolvimento de atividades esportivas ou de recreio no mar ou nas áreas interiores que envolvam a utilização de:
1. dispositivos rebocados; 2. acessórios acoplados à embarcações e  3. dispositivos individuais, por exemplo, pranchas esportivas.

Lista de Equipamentos Aquáticos enquadrados nesta regra da NORMAM03
Pranchas Esportivas Surf, Windsurf, Stand Up Padlle e Kitesurf
Embarcações Miúdas Caiaques e Botes em atividades de Rafting
Dispositivos Recocáveis Banana Boat, Disc Boat, Parasail, Esqui Aquático, Wakeboard, Knee board, Wake surf e Wake Skate
Dispositivos Recocáveis e Acopláveis à Moto Aquática
Jet Wave Boat

Dispositivos Independentes
Scooter Aquático, Seabob, Prancha Motorizada, Jet Surf, Power Ski, Jetboard

Dispositivos que utilizam Hidrojato
Flyboard, Hoverboard, Jetpack

Aeronave de Asa Fixa que pousar na água e dela decolar dispondo de flutuadores no trem de pouso
Hidroavião



Regras gerais para explorar/desenvolver t…

Termo de Responsabilidade para Inscrição/Transferência de Propriedade - Comentários.

Imagem
Não foram poucas as vezes que presenciei calorosos debates sobre a responsabilidade do proprietário da embarcação de esporte e recreio, perante a Autoridade Marítima Brasileira (AMB).

Portanto, o intuito é auxiliar os navegadores de esporte e recreio com alguns comentários à respeito das responsabilidades assumidas pelos proprietários de embarcações ao assinarem o Termo de Responsabilidade no ato do requerimento de inscrição ou transferência de propriedade.
Antes, porém, é importante lembrar que a NORMAM-03, em seu item 0340, alínea "c", prevê três tipos de Termos de Responsabilidade, que seguem:
a) Termo de Responsabilidade de Construção/Alteração
b) Termo de Responsabilidade para Realização de Provas de Máquinas/Navegação
c) Termo de Responsabilidade para Inscrição/Transferência de Propriedade

Nesta oportunidade, conforme o grifo, vou comentar apenas o Termo descrito na letra "c" acima.

Seguem as "cláusulas" assumidas pelos donos de embarcações de esporte e re…